fbpx

O processo da tatuagem e os cuidados com a pele antes de tatuar

Luiza Blackbird

Luiza Blackbird

Se você é curioso, assim como a gente, e sempre quis saber o que acontece durante o processo da tatuagem, como que o pigmento fica na pele e tudo mais, vai curtir a entrevista que fizemos com a dermatologista Gisele Leachi Mota e Silva. Nesta entrevista ela vai te contar tudo o que você precisa saber sobre como funciona uma tattoo e os cuidados que você precisa ter com a pele antes de fazer sua tatuagem.

Dra, explica pra gente que é leigo o que acontece com a pele durante e depois da tattoo?

A pele vê a tattoo como uma agressão. Durante o processo, apenas o ato de “furar” a pele já gera uma resposta inflamatória importante. Como no caso da tatuagem ainda temos o pigmento colocado na derme, esse processo é maior. A inflamação como “resposta ao trauma” gera dor, edema, sensação de calor local e deixa a pele mais avermelhada.

Quanto ao pigmento, a pele vê como um “corpo estranho” e vai tentar eliminar. Ativa macrófagos, que vão até o pigmento e tentam “digerir”, pra limpar o local. Uma tattoo de boa qualidade é feita na profundidade adequada e com bons pigmentos (geralmente grandes), o que não permite a digestão deles pelo sistema de defesa. Sendo assim, o corpo depois “acostuma” e, após a cicatrização do trauma físico (as agulhadas), fica tudo bem.

tatuagem no nosso cliente Marcelo, devidamente cuidada e já cicatrizada

Se o corpo não consegue absorver o pigmento, como é feita a remoção de uma tattoo?

A remoção de tatuagens é feita através do uso de laser. O laser, na verdade, serve para quebrar os pigmentos, a fim de que sobrem apenas partículas pequenas, que o próprio corpo (através dos macrófagos) vai conseguir absorver e eliminar. 

Sempre é mais difícil tatuar peles ressecadas, por isso recomendo que o cliente hidrate bastante a pele antes. Qual a melhor forma de preparar a pele para receber o procedimento?

Você está certa. Qualquer procedimento na pele, quando ela está hidratada, é mais fácil de fazer e a resposta é melhor e no tempo adequado. Em procedimentos estéticos que envolvem a resposta de epiderme e derme, geralmente preparamos a pele por 30 dias. É importante hidratar e proteger da exposição solar. Assim, você consegue uma pele mais uniforme e que reponde melhor ao processo.

Pode ser feito com hidratantes corporais ou mesmo os óleos naturais, pelo menos 2x ao dia, por 30 dias antes do procedimento, além do uso de protetor solar nos locais que ficam expostos. Procurar hidratantes que hidratem de verdade, e não só deixem cheiro na pele. Alguns exemplos de bons hidratantes são: Cetaphil, Neutrogena Norwegian, Nivea, Dove, Bepantol.

Gisele Leachi Mota e Silva tem 35 anos e é formada na Faculdade de Medicina de Curitiba – UFPR;   e  pós graduada em Dermatologia e Medicina Estética pela BWS. Você pode agendar uma consulta com ela através do email: [email protected] 

.

Compartilhe este post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on pinterest
Share on twitter
Fechar Menu
×
×

Carrinho

Carrinho